MÚSICA, SERÁ APENAS UM SISTEMA DE SONS?

MÚSICA, SERÁ APENAS UM SISTEMA DE SONS?

                                                      

 

MAS AFINAL O QUE É A MÚSICA? SERÁ APENAS UM SISTEMA DE SONS,OU SERÁ ALGO MAIS DO QUE ISSO.

 

A afirmação de que a música consiste apenas em sons dispostos conforme uma grande variedade de combinações é absolutamente verdadeira. Mas a música não será algo mais do que isso? Será que a música é desprovida de conteúdo por não ser não-objetiva? Essa idealidade de conteúdo e modo de expressão,no sentido de despojamento de qualquer objeto exterior,define o aspecto puramente formal da música. Ela possui,sem dúvida,um conteúdo,porém não um conteúdo do tipo obtido nas artes plásticas ou na poesia.A música não expressa, por conseguinte, esta ou aquela alegria particular e definida, esta ou aquela tristeza, dor, medo, satisfação, felicidade, paz, etc.expressa a alegria, tristeza, dor, medo, satisfação e paz em si mesmos, de certo modo abstratamente, na sua natureza essencial, sem acessórios e, portanto, sem as suas causas e motivos. Portanto seria irrelevante, saber se a alegria implícita numa obra musical é a alegria de um especulador ante o dinheiro conseguido em uma negociata ou é a alegria diante de uma árvore-de-natal. Os motivos e a natureza específica da alegria são tidos como sem importância; apenas alegria abstrata pode ser expressa em uma música, de modo que, presumivelmente, a alegria de Rossini e a de Mozart podem diferirem na qualidade da expressão, mas não no princípio fundamental de ambas. Pode-se dizer, que o conteúdo da música não reside apenas no seu interior, mas também fora dela:é uma síntese de expressão e efeito, um encontro de sons que se movem e os ouvintes que também se movem em função dela. Podemos observar isso por exemplo na música de dança, sua função é estimular nos dançarinos o desejo de dançar e ela adquire conteúdo nos movimentos e disposições que provoca, a natureza específica da dança, seja valsa, rock, samba, etc. A música é a mais surpreendente de todas as artes, mostra-nos que o conteúdo está sempre transformando em forma e a forma por sua vez em conteúdo.