ARTIGO=WAGNER, CONVIDADO DE DOM PEDROII

ARTIGO=WAGNER, CONVIDADO DE DOM PEDROII

                                                   

                                                  

WAGNER, FOI CONVIDADO POR DOM PEDRO II, PARA VIR AO BRASIL

Em março de 1857, Richard Wagner foi surpreendido por uma mensagem de Sua Majestade Imperial Dom Pedro II, Imperador do Brasil, que estava muito interessado no trabalho do compositor e queria que ele fosse para o Rio de Janeiro. Wagner enviou partituras ricamente encadernadas e autografadas de O Navio Fantasma, Tannhäuser e Lohengrin para o Brasil e ficou aguardando uma resposta que (nunca chegou). Wagner acreditou mesmo que havia sido alvo de uma brincadeira quando, anos mais tarde, o próprio Dom Pedro II compareceu para cumprimentá-lo pessoalmente no primeiro Festival de Bayreuth. A resposta aguardada por Wagner nunca chegou, e o mais provável é que o Imperador tenha sido persuadido pelos seus ministros, devido ao envolvimento de Wagner com atividades políticas e revolucionárias.

Abaixo vídeo da marcha da entrada dos convidados da opera Tannhäuser de Richard Wagner.