Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

ARTIGO=MULHERES NÃO PODIAM CANTAR NO PALCO

ARTIGO=MULHERES NÃO PODIAM CANTAR NO PALCO

 

Durante o século XVII, as mulheres não tinham permissão para cantar no palco, nem mesmo em um coro.Esta tarefa eram dos cantores castrados.

O QUE SIGNIFICA CASTRADOS?


                                 

                                

 

Homens que cortavam os membros sexuais para manter a voz mais feminina eram chamadas de castrados. Eles cantavam notas na mesma região das sopranos, que são as vozes com extensão mais aguda. Castrato é um cantor masculino cuja extensão vocal corresponde em pleno à das vozes femininas, seja de soprano, mezzo-soprano, ou contralto. Esta faculdade numa voz masculina só é verificável na sequência de uma operação de corte dos canais provenientes dos testículos, ou então por um problema endocrinológico que impeça a maturidade sexual. Consequentemente, a chamada “mudança de voz” não ocorre.Quando o jovem castrado chega à idade adulta, o seu corpo desenvolve-se, nomeadamente em termos de capacidade pulmonar e força muscular, mas a sua laringe não.A prática de castração de jovens cantores existia desde o início do Império Bizantino, em Constantinopla em torno de 400 d.C., a imperatriz bizantina Aélia Eudóxia tinha um coro cujo mestre era um eunuco, que pode ter estabelecido o uso de castrati em coros bizantinos.Muitos rapazes que eram alvo da castração eram crianças órfãs ou abandonadas. Algumas famílias pobres, incapazes de criar a sua prole numerosa, entregavam um filho para ser castrado.Está documentada a sua existência no coro da igreja de Munique a partir de 1574 e no coro da Capela Sistina a partir de 1599. Na bula papal Cum pro nostri temporali munere de 1589, o papa Sisto V aprovou formalmente o recrutamento de castrati para o coro da Basílica de S. Pedro. Em 1870, a prática de castração destinada a este fim foi proibida em Itália, o último país onde ainda era efetuada. Em 1902, o papa Leão XIII proibiu definitivamente a utilização de castrati nos coros das igrejas. O último castrado a abandonar o coro da Capela Sistina foi Alessandro Moreschi, em 1913.

Abaixo vídeo com o último cantor castrado Alessandro Moreschi,cantando Ave Maria.