BIOGRAFIA DE CARMÉN CARROZZA

BIOGRAFIA DE CARMÉN CARROZZA


                                                                                         



Cármen Carrozza nasceu em uma pequena cidade Solano na Calábria, Itália em 20 de julho de 1921 e faleceu em 17 de junho de 2013.Carrozza emigrou para os EUA com sua família quando ele tinha nove anos de idade. A família se estabeleceu na cidade de Chappaqua em Westchester, NY, onde Carrozza logo começou a estudar música, estudou violino, piano e acordeão. Não demorou muito para que o seu amor pelo acordeão tornou-se óbvio e ele começou a concentrar os seus estudos unicamente no acordeom.Embora o acordeão foi desenvolvido em torno da virada do século, em 1909, foi declarado por um dos primeiros professores da Carrozza que "o acordeão não foi dado à luz até que o jovem Carrozza coloca-se as mãos sobre o instrumento."

Em 1937, graduou-se no Conservatório de Acordeão Pietro Deiro em Greenwich Village, Nova York, onde ele foi premiado com as mais altas honras e uma medalha de ouro pela sua atuação.Posteriormente ele aprofundou seus estudos na New York Academy of Music de Nova especializada em teoria, harmonia, contraponto e composição.  Estréiou como profissional em 1947, no Philadelphia Academy of Music . Ele passou a executar o acordeomem todas as salas de concerto dos Estados Unidos; (Carnegie Hall, Town Hall, Times Hall, Lincoln Center, Kennedy Center Music Hall, Philadelphia Academy of Music, só para citar algumas), Canadá e Europa - (França, Alemanha, Inglaterra, Suécia, Finlândia, Rússia e Itália). Carrozza foi presenteado com uma medalha de ouro pela EAL, uma agência do governo italiano, depois de um excelente desempenho no Theatro di Pavia.

Carrozza foi o primeiro acordeonista convidado a atuar como solista com as principais orquestras sinfônicas: Orquestra Boston Pops Symphony sob a direção de Arthur Fiedler estreia Concerto de Paul Creston para Acordeão e Orquestra, Sinfônica Nacional e Filarmônica de Nova York sob a direção de André Kostelznetz, estreando Alan Hovanhess 'Rubaiyat; Orquestra de Cincinnati, sob a direção de Thomas Schippers, o Symphony Orchestra Buffalo, A Orquestra Sinfônica de Baltimore, The Philadelphia Orchestra Pops, The United States Navy Banda,etc. Compositor, arranjador e concertista de renome mundial e educador, Carrozza foi uma verdadeira inspiração para todos os profissionais que o conheceram. O sucesso da Carrozza nos palcos de concertos é igualado apenas pela sua contribuição para o desenvolvimento da literatura do acordeão. Em 
Nesta área, ele colaborou com proeminentes compositores americanos: Robert Russell Bennett, Henry Cowell, Paul Creston, Alan Havanhess, George Kleinsinger, Otto Leuing, Paul Pisk, Wallingord Riegger, Elie Seigmeister, William Grant Ainda assim, Carlos Suriñach, Virgil Thompson, & compositor russo, Alexander Tcherepnin.
 Carrozza considera concertos a solo no Town Hall, New York City, como um dos pontos altos de sua carreira.  Foi um marco na história do acordeão.Suas performances das obras desses compositores abriu um novo campo para as gerações de acordeonistas e também dando aos compositores um novo instrumento para ser usado como um veículo de expressão musical. Acordeonistas Concertistas do futuro têm uma dívida de gratidão para com Maestro Carrozza.

Carrozza recebeu inúmeros prêmios e homenagens de diversas organizações, associações e clubes. Em 17 de Março de 2002 Maestro Carrozza foi homenageado pela American Association Acordeonistas e foi o primeiro a ser presenteado com o prestigioso "Lifetime Achievement Award". Pouco depois desse evento de gala, a Fundação de Bolsas de estudos CármenCarrozza, (uma fundação que auxilia o jovem acordeonistas e também aos compositores de novas obras para o acordeão).

Carrozza foi presidente e membro da Americana acordeão Associativo (AAA), uma organização nacional reconhecida internacionalmente,dedicada ao desenvolvimento do acordeão . Ele promoveu o acordeão através de oficinas educativas em escolas,

 

altos de sua carreira.  Foi um marco na história do acordeão.Suas performances das obras desses compositores abriu um novo campo para as gerações de acordeonistas e também dando aos compositores um novo instrumento para ser usado como um veículo de expressão musical. Acordeonistas Concertistas do futuro têm uma dívida de gratidão para com Maestro Carrozza.

 

Carrozza recebeu inúmeros prêmios e homenagens de diversas organizações, associações e clubes. Em 17 de Março de 2002 Maestro Carrozza foi homenageado pela American Association Acordeonistas e foi o primeiro a ser presenteado com o prestigioso "Lifetime Achievement Award". Pouco depois desse evento de gala, a Fundação de Bolsas de estudos CármenCarrozza, (uma fundação que auxilia o jovem acordeonistas e também aos compositores de novas obras para o acordeão).

 

Carrozza foi presidente e membro da Americana acordeão Associativo (AAA), uma organização nacional reconhecida internacionalmente,dedicada ao desenvolvimento do acordeão . Ele promoveu o acordeão através de oficinas educativas em escolas, universidades e escolas particulares de música. Carrozza sempre exibiu uma técnica muito suave, sem esforço e com seu virtuosismo musical e de grande personalidade no palco, ele pode ser colocado em algum lugar na escala entre inacreditável e incrível. Ele faz do acordeão um instrumento de notável beleza e fez de suas performances uma experiência majestosamente artística.  

 ABAIXO VÍDEO DE CARMEN CAROZZA EXECUTANDO O CORO DOS PEREGRINOS DE WAGNER.